O divórcio nos Estados Unidos
Search articles:

O divórcio nos Estados Unidos

 Divorcio

 

Visão Geral

Os números de divórcio nos Estados Unidos aumentaram dramaticamente nos últimos 25 anos. Mais de 40 por cento dos casamentos entre jovens americanos acabará em divórcio. Sob as leis da maioria dos estados dos Estados Unidos, um divórcio é chamado dissolução de casamento. Esta mudança de nome foi acompanhada por uma mudança em divórcio baseado em culpa, onde um partido era achado culpado de um dos fundamentos para divórcio tal como adultério, abandono, ou tratamento inumano cruel. Agora, sob divórcio sem nenhuma falta, é simplesmente necessário pleitear que o casamento é "irreparavelmente quebrado" ou isso há "diferenças de irreconcilable, "18 meses de separação".


Requisitos


Em qual estado você da entrada em seu divórcio?

Para começar o processo de divórcio, você necessita arquivar uma queixa na corte onde você ou seu esposo vive. Em sua queixa ou na sua sessão, você terá que encontrar o requisito de residência para o fundamento que você especificou em sua ação de divórcio. As leis de divórcio se aplicam só aos residentes de um estado, e cada estado tem seus próprios requisitos de residência. Alguns estados têm um requisito de residência para um ano, outros para seis meses. A lei absolutamente requer que você ou seu esposo foi residente durante o período declarado de tempo imediatamente antes do tempo em que você arquivou sua queixa de divórcio. Por exemplo, você não pode ter vivido em New Jersey por seis meses e arquivar uma queixa de divórcio mas você então pode fazê-lo na California. Alguns estados são ainda mais fáceis e só requerirão 60 dia de residência.

Notas:

Mesmo Estado, Endereços Diferentes

Você não tem que permanecer no mesmo endereço para cumprir seu requisito de residência. Você pode se mudar para qualquer lugar dentro do estado em que você esta pleiteando o divórcio.

Prova de Residência


Na maioria de casos só sua declaração é suficiente para estabelecer residência. Mas casos já foram despedidos e até anulados por causa de prova imprópria de residência. Para ficar seguro, traga cópias de documentos mostrando seu endereço, tais como aluguéis e carteira de motorista.

Residente versus Não-Residente

Contanto que um de vocês seja residente do estado, isso normalmente é suficiente para que os requisitos de residências seja satisfeito.

Como Estabelecer Residência


Alugue um apartamento. Registre-se para votar. Receba uma licença do motorista. Receba um trabalho. Registre seu carro. A lista é interminável.

A Jurisdição de município (local de reunião)

Na maioria de estados, o município onde você vive irá direcionar em qual corte seu divórcio acontecerá. Isto é chamado local de reunião. O divórcio deve ser arquivado onde qualquer o réu ou o querelante reside ou onde qualquer um deles regularmente esteja empregado ou tenha um negócio.

O Quadro de Requisito de Residência por Estado

Alabama                     6 Meses or 180 Dias
Alaska                        30 Dias
Arizona                       90 Dias
Arkansas                     60 Dias
California                 6 Meses or 180 Dias
Colorado                  90 Dias
Connecticut              12 Meses or 1 Ano
Delaware                 6 Meses or 180 Dias
District of Columbia         6 Meses or 180 Dias
Florida                    6 Meses or 180 Dias
Georgia                  6 Meses or 180 Dias
Hawaii                   6 Meses or 180 Dias
Idaho                    6 Semanas
Illinois                   90 Dias
Indiana                 6 Meses or 180 Dias
Iowa                    12 Meses or 1 Ano
Kansas                 60 Dias
Kentucky              6 Meses or 180 Dias
Louisiana              6 Meses or 180 Dias
Maine                6 Meses or 180 Dias
Maryland                 12 Meses or 1 Ano
Massachusetts             12 Meses or 1 Ano
Michigan                 6 Meses or 180 Dias
Minnesota                 6 Meses or 180 Dias
Mississippi             6 Meses or 180 Dias
Missouri                 90 Dias
Montana                 90 Dias
Nebraska                 12 Meses or 1 Ano
Nevada                 6 Semanas
New Hampshire             12 Meses or 1 Ano
New Jersey                 12 Meses or 1 Ano
New Mexico                     6 Meses or 180 Dias
New York                 2-12 Meses or 1 Ano
North Carolina             6 Meses or 180 Dias
North Dakota             6 Meses or 180 Dias
Ohio                 6 Meses or 180 Dias
Oklahoma                 6 Meses or 180 Dias
Oregon                 6 Meses or 180 Dias
Pennsylvania             6 Meses or 180 Dias
Rhode Island             12 Meses or 1 Ano
South Carolina             1-12 Meses or 1 Ano
South Dakota             Sem Previsao
Tennessee                 6 Meses or 180 Dias
Texas                 6 Meses or 180 Dias
Utah                 90 Dias
Vermont                 6 Meses or 180 Dias
Virginia                 6 Meses or 180 Dias
Washington                     Sem Previsao
West Virginia             12 Meses or 1 Ano
Wisconsin                 6 Meses or 180 Dias
Wyoming                 60 Dias


1 Se ambos esposos são residentes da Carolina do Sul, o requisito de residência é reduzido a 3 meses.
2 Se a causa de ação ocorreu em NY e os partidos foram casados em Nova Iorque, não há período específico de tempo necessário para residência

Amigável vs. letigioso

Um divórcio pode ser fácil, rápido e barato ou pode tornar-se o pesadelo de sua vida. Um divórcio amigável simples é chamado um "divórcio incontestado" e divórcio litigioso é chamado um "divórcio contestado".


Divórcio Amigável


Todo mundo sabe que quando os partidos entram em luta para um divórcio, devem haver dois advogados envolvidos. Cada partido tem que representar seus interesses. Em casos contestados isto é uma necessidade absoluta porque sem advogado competente você pode encontrar erros que são feitos durante o processo de divórcio e que podem causar danos permanentes a você ou a suas crianças. Em alguns casos danos sérios. Então um advogado é necessário em nos casos contestados. Mas o divórcio deve ser contestado? Normalmente não. Muitos milhares de divórcios incontestados são concedidos cada ano. Ao menos que haja uma grande disputa sobre ativos ou suporte (pensão) não há nenhuma razão para que as duas pessoas não possam alcançar um acordo, evitando e eliminando os problemas financeiros e emotivos que naturalmente surgem quando duas pessoas argumentam.

Você é responsável por seu próprio divórcio.
Não interessa o que alguém possa dizer, divórcio podem ser cruéis.

Quando os dois partidos argumentam, isso só serve para inflamar o problema subjacente que causou a ruptura em primeiro lugar. Regularmente fica pior quando há crianças envolvidas. Não importa o quanto você tenta esconder deles, eles sempre sabem o que está acontecendo, mesmo em idades muito novas. Quando um par tem a habilidade de trabalhar junto em um divórcio baseado em um relacionamento confiável para atingir benefício mútuo e eles estão completamente informados sobre as leis de divórcio e procedimentos, a maioria dos asuntos do divórcio podem ser resolvidos entre eles. Por manter o processo de decisão longe de advogados e cortes as pessoas são capazes de tomar decisões lógicas que simplificarão o processo de divórcio. Você tem o entendimento melhor de sua vida e situação. Nada pode substituir este conhecimento. Com cuidadosa consideração e um relacionamento amigável entre, acordos justos e apropriados para resolverem seus assuntos de divórcio podem ser alcançados. Acordos justos de separação podem ser alcançados se os dois partidos põem de lado suas hostilidades.

Nós temos ouviumos sobre o divórcio contestado e como ele pode ser caro e doloroso para o coração. Isto é a natureza do método adversarial que chamamos de litígioso. Cada lado emprega um advogado. Cada advogado com a ajuda do cliente cria a "teoria do caso," Isto é a teoria apresentada em corte. O geralmente é criado um cenário que aquele partido é mais em falta do que o outro. Entretanto, nestes dias, ao menos em lutas por crianças, culpa não é um assunto muito relevante. O que é importante nestes divórcios contestados é a divisão financeira de propriedade. Não importa se os partidos têm muitos ativos ou um ativo pequeno, o litígio torna-se caro porque o advogado, em ordem a não cometer má pratica, deve ir por cada passo caro no processo mesmo se não há nenhum ativo. Antes do julgamento, as cortes normalmente têm uma conferência onde os dois advogados contam ao juiz seus lados. O juiz sempre tenta determinar o caso. Se isso é possível então o divórcio acontece naquele dia. Se não é possível, uma data é programada para julgamento. Um processo caro e longo. Um processo em que ninguém verdadeiramente ganha. Por isto é que é tão importante que o par que está divorciando manter uma mente aberta e por as hostilidades de lado. Quando isto é feito, um acordo apropriado pode ser alcançado e o divórcio pode ser processado como "incontestado".

Antipatia e tensão financeira é reduzida se o processo é evitado. Um dos resultados naturais de um divórcio litigioso é que os partidos tornam-se zangados, desconfiadso, inseguros e confusos. Não é distante de acreditar que as pessoas de classe baixa encontrarem um caminho m]edio e entrar num acordo amigável. Vocês realmente podem sair do relacionamento como amigos. Esta meta é bem importante quando existem crianças envolvidas. Lembre-se de que você pode estar divorciando de seu esposo, mas não de suas crianças. Na maioria dos casos os partidos ainda têm que comunicar um com o outro a respeito das crianças durante muitos anos por vir. Co-paternidade ativa requer respeito mútuo entre os pais. Continuar com o processo e a antipatia tende a fazer a co-paternidade muito difícil. Um pensamento justo sempre reduz e pode ate eliminar o ambiente pesado entre o casal.


Divórcio Letigioso

Quando os partidos não podem concordar ao determinar sua disputa conjugal, o próximo passo é para ir para a corte e resolver esse assunto. Isto é sabido como uma ação contestada. Cada caso necessariamente difere em seus fatos mas o seguinte contorno ilustra o processo.

1. O INÍCIO DA AÇÃO

Nova Iorque requer serviço pessoal de uma CITAÇÃO, um documento legal pelo o qual o querelante informa o réu do tipo de ação que sendo movida (Divórcio, Separação ou Anulação). O réu então normalmente contrata um advogado que envia um AVISO DE APARÊNCIA ao procurador do querelante exigindo saber qual é o caso específico do querelante, i.e., a QUEIXA VERIFICADA.

2. PLEITEIO (DEFESA)

O querelante agora serve a queixa verificada. Esta queixa expõe a base para cada reivindicação (causa de ação) que o querelante tem contra o réu. O réu responde por meio de uma RESPOSTA VERIFICADA que admite ou nega as alegações da queixa. O réu também pode incluir um CONTRA-ARGUMENTO para divórcio contra defesas querelantas ou afirmativas. Se o réu apresentar um contra-argumento, o querelante deve servir uma RESPOSTA VERIFICADA ou o contra-argumento será tratado como indefeso. 3. A CONFERÊNCIA PRELIMINAR Cada procurador pode arquivar uma exigência para uma CONFERÊNCIA PRELIMINAR que pede que a corte programe datas de revelação. As cortes requerem que ambos partidos e seus procuradores assistam esta conferência que normalmente é presidida pelo juiz ou o Secretário de Lei do juiz. Nesta conferência, se custódia está em disputa, a corte pode mandar um psicólogo ou psiquiatra judicial entrevistar os pais e as crianças, depois ele fornece um relatório para a corte. Este relatório apresenta a opinião do perito como a o que arranjos relativos a custódia de visitação estariam nos interesses melhores das crianças. A corte também designará um GUARDIÃO DE LEI, um procurador que representa as crianças. Os partidos são requesitados a pagar estes profissionais.

4. REVELAÇÃO FINANCEIRA

Na maioria dos casos, conferência de descoberta em ações matrimoniais é confinada a questões financeiras. A lei ve o casamento como sendo uma sociedade econômica que deve ser desmanteleda pela conclusão da ação de divórcio. A analogia freqüentemente usada é um que de uma corporação indo a falência e seus ativos sendo distribuidos aos credores.

    a. Os partidos devem trocar uma DECLARAÇÃO DE REDE DE VALORES, declarações financeiras essencialmente pessoais, juntas com recibos atuais de pagamentos e retornos estaduais, imposto de renda federais recentes.

    b. Os partidos podem ser servidos com AVISO DE DESCOBERTA E INSPEÇÃO que requer a produção de registros financeiros originais.

    c. Os partidos podem ser servidos com INTERROGATÓRIOS que são perguntas escritas sobre finanças que requerem respostas juradas.

    d. Os partidos podem ser interrogados numa DEPOSIÇÃO (exame antes de julgamento) sob juramento com um repórter de corte registrando o procedimento.


O comprimento do processo de descoberta varia dependendo da complexidade dos ativos dos partidos. A fase de descoberta tipicamente toma pelo menos três (3) meses.

5. AVALIAÇÕES

Durante a fase de descoberta, é freqüentemente necessário contratar peritos para avaliar certos ativos conjugais para o propósito de distribuição eqüitativa. Estes ativos podem incluir a residência conjugal, um negócio, pensões, ou graus educacionais.

6. A PRÁTICA DE MOVIMENTO


Durante a ação, é muito comum para um ou ambos partidos arquivar uma aplicação para temporário (leve pendente) alívio. Este movimento freqüentemente procura manutenção temporária ou apoio de criança, custódia temporária, ocupação exclusiva da residência conjugal, etc.

Há muitas outras espécies de movimentos ou aplicações que podem ser arquivados numa ação; eles são confinados só pelos fatos de um caso particular e das energias criativas dos procuradores.

7. A CONFERÊNCIA DE CONFORMIDADE


Nesta conferência a corte determinará (1) se qualquer resto financeiro de revelação deve ser feito, e (2) se o caso pode ser defenido. Se o caso é certificado para julgamento, uma NOTA DE EDIÇÃO é arquivada pelo querelante e uma data de julgamento é posta. Atentas ao fato de casos de horror no passado onde casos matrimoniais arrastaram-se interminavelmente, as cortes crescentemente são inclinadas a segurar procuradores e seus clientes a estas datas programadas para julgamento.

8. A CONCLUSÃO DO CASO

Alguns casos são liquidados por JULGAMENTO. Os julgamentos são empreendimentos muito caros mas às vezes necessários quando os partidos simplesmente não podem concordar. Mais comumente, questões são resolvidas por um ACORDO escrito (estipulação) pelos partidos voluntariamente, onde eles concordam sobre tudo e declaram isso por escrito. Os termos e condições do acordo podem ou não podem ser incorporados em um JULGAMENTO DE DIVÓRCIO.


Razões

Cada estado requer uma razão para o divórcio. Estes são chamados "grounds" ("fundamentos"). Na maioria dos estados você pode receber um divórcio sem quem nenhuma das partes seja conciderada culpada, mas em outros, tal como Nova Iorque um dos partidos deve ter cometido uma falta.

Os fundamentos para Divórcio por Estado

"Grounds for Divorce and Residency Requirements* "

 

 

 

 

STATE

 

 

No Fault Sole Ground

No Fault Added to Traditional

 

 

 

Incompatibility

Living Separate and Apart

 

 

Judicial Separation

Durational Residency Requirements**

Alabama 

AlA. Code § 30-2-1 AlA. Code § 30-2-2 AlA. Code § 30-2-5

 

X

X

2 years

X

6 months

Alaska 

AlAskA stAt. § 25.24.050

 

X

X

 

 

None

Arizona 

ARiz. ReV. stAt. ANN. § 25-312 ARiz. ReV. stAt. ANN. § 25-313 ARiz. ReV. stAt. ANN. § 25-903

X

X1

X

 

X

90 days

Arkansas

ARk. Code ANN. § 9-12-301 ARk. Code ANN. § 9-12-307

 

X1

X2

18 months

x

60 days

California

CAl. FAm. Code § 2310 CAl. FAm. Code § 2311 CAl. FAm. Code § 2312 CAl. FAm. Code § 2320

X

 

X14

 

X

6 months

Colorado

Colo. ReV. stAt. § 14-10-106 Colo. ReV. stAt. § 14-10-110

X

 

X3

 

X

91 days

Connecticut

CoNN. GeN. stAt. § 46B-40 CoNN. GeN. stAt. § 46B-44

 

X

X

18 months

X

12 months

Delaware

del. Code ANN. tit. 13 § 1503 thru § 1505

 

X

X

6 months

X

6 months

District of Columbia

d.C. Code § 16-902

d.C. Code § 16-904

X

 

 

6 months

or 1 year4

X

6 months

Florida

FlA. stAt. § 61.021 FlA. stAt. § 61.052

X

 

X

 

X

6 months

Georgia

GA. Code ANN. § 19-5-2 GA. Code ANN. § 19-5-3

 

X

X

 

 

6 months

Hawaii

HAW. ReV. stAt. § 580-1 HAW. ReV. stAt. § 580-41 HAW. ReV. stAt. § 580-42 HAW. ReV. stAt. § 580-71

X

 

X

2 years

X

6 months

Idaho

idAHo Code ANN. § 32-603 idAHo Code ANN. § 32-610 idAHo Code ANN. § 32-701

 

X

X6

5 years

 

6 weeks5

Illinois

750 ill. ComP. stAt. 5/401 750 ill. ComP. stAt. 5/402

 

X

X6

2 years or

6 months7

X

90 days

Indiana

iNd. Code § 31-15-2-2 iNd. Code § 31-15-2-3 iNd. Code § 31-15-2-6 iNd. Code § 31-15-2-7

 

X

X

 

X

6 months8

Iowa

ioWA Code § 598.5 ioWA Code § 598.17

X

 

X

 

X

None9

Kansas

kAN. stAt. ANN. § 23-2701 kAN. stAt. ANN. § 23-2703

 

X

X

 

X

60 days

Kentucky

ky. ReV. stAt. ANN. § 403.050 ky. ReV. stAt. ANN. § 403.140 ky. ReV. stAt. ANN. § 403.170

X

 

X

60 days10

X

180 days


 

 

 

STATE

 

 

No Fault Sole Ground

No Fault Added to Traditional

 

 

 

Incompatibility

Living Separate and Apart

 

 

Judicial Separation

Durational Residency Requirements**

Louisiana

lA. CiV. Code ANN. ARt. 102 lA. CiV. Code ANN. ARt. 103 lA. CiV. Code ANN. ARt. 103.1

 

X1

 

180 days

or 1 year1,11

X12

None

Maine

me. ReV. stAt. ANN. tit. 19-A § 901

me. ReV. stAt. ANN. tit. 19-A § 902

 

X

X

 

X

6 months

Maryland

md. Code ANN. FAm. l. § 7-101 thru § 7-103

 

X

 

12 months

X

1 year

Massachusetts

mAss. GeN. lAWs CH. 208 § 1 mAss. GeN. lAWs CH. 208 § 1A mAss. GeN. lAWs CH. 208 § 1B mAss. GeN. lAWs CH. 208 § 2

 

X

X

 

 

1 year13

Michigan

miCH. ComP. lAW § 552.6 miCH. ComP. lAW § 552.7 miCH. ComP. lAW § 552.9

X

 

X14

 

X

180 days

Minnesota

miNN. stAt. § 518.06 miNN. stAt. § 518.07

X

 

X

 

X

180 days

Mississippi

miss. Code ANN. § 93-5-1 miss. Code ANN. § 93-5-2 miss. Code ANN. § 93-5-5

 

X

X15

 

 

6 months

Missouri

mo. ReV. stAt. § 452.305 mo. ReV. stAt. § 452.320

X16

 

 

 

X

90 days

Montana

moNt. Code ANN. § 40-4-104 moNt. Code ANN. § 40-4-105

X

 

X

180 days

X

90 days

Nebraska

NeB. ReV. stAt. § 42-349 NeB. ReV. stAt. § 42-350 NeB. ReV. stAt. § 42-353

X

 

X

 

X

1 year

Nevada

NeV. ReV. stAt. § 125.010 NeV. ReV. stAt. § 125.020 NeV. ReV. stAt. § 125.190

 

X17

X

1 year18

 

6 weeks

New Hampshire

N.H. ReV. stAt. § 458:5

N.H. ReV. stAt. § 458:7

N.H. ReV. stAt. § 458:7-A

N.H. ReV. stAt. § 458:26

 

X

X

2 years

X

1 year

New Jersey

N.J. stAt. ANN. § 2A:34-2

N.J. stAt. ANN. § 2A:34-3

N.J. stAt. ANN. § 2A:34-10

 

X

X19

18 months20

X

1 year

New Mexico

N.m. stAt. ANN. § 40-4-1

N.m. stAt. ANN. § 40-4-2

N.m. stAt. ANN. § 40-4-5

 

X

X

 

 

6 months

New York

N.y. dom. Rel. § 170

N.y. dom. Rel. § 200

N.y. dom. Rel. § 230

 

X

X21

1 year22

X

1 year/

2 years23

North Carolina

N.C. GeN. stAt. ANN. § 50-6

N.C. GeN. stAt. ANN. § 50-7

 

X

 

1 year

X

6 months

 

 

 

 

STATE

 

 

No Fault Sole Ground

No Fault Added to Traditional

 

 

 

Incompatibility

Living Separate and Apart

 

 

Judicial Separation

Durational Residency Requirements**

North Dakota

N.d. CeNtuRy Code ANN.

§ 14-05-03 thru § 14-05-09

N.d. CeNtuRy Code ANN.

§ 14-05-17

 

X

X

 

X

6 months

Ohio

oHio st. § 3105.01 oHio st. § 3105.03 oHio st. § 3105.17 oHio st. § 3105.61-65

 

X24

X25

1 year

X

6 months

Oklahoma

oklA. stAt. tit. 43 § 101 thru 43 § 103

 

X

X

 

X

6 months

Oregon

oR. ReV. stAt. § 107.015 oR. ReV. stAt. § 107.025 oR. ReV. stAt. § 107.075

X

 

X

 

X

6 months

Pennsylvania

23 PA. CoNs. stAt. ANN. 3301

23 PA. CoNs. stAt. ANN. 3104

 

X

X

2 years

 

6 months

Rhode Island

R.i. GeN. lAWs § 15-5-2

R.i. GeN. lAWs § 15-5-3

R.i. GeN. lAWs § 15-5-3.1

R.i. GeN. lAWs § 15-5-12

 

X

X

3 years

X

1 year

South Carolina

s.C. Code ANN. § 20-3-10

s.C. Code ANN. § 20-3-30

 

X

 

1 year

 

1 year/3 months26

South Dakota

s.d. CodiFied lAW § 25-4-2

s.d. CodiFied lAW § 25-4-17.2

s.d. CodiFied lAW § 25-4-30

 

X

X

 

X

None

Tennessee

teNN. Code ANN. § 36-4-101

thru § 36-4-104

X

X

X

2 years

X

6 months

Texas

teX. FAm. Code ANN. § 6.001 thru § 6.007

teX. FAm. Code ANN. § 16.301

 

X

X

3 years

 

6 months

Utah

utAH Code ANN. § 30-3-1 utAH Code ANN. § 30-3-4.5

 

X

X

3 years

X

3 months

Vermont

Vt. stAt. ANN. tit 15 § 551 Vt. stAt. ANN. tit 15 § 555 Vt. stAt. ANN. tit 15 § 592

 

X

 

6 months

X

6 months/

1 year27

Virginia

Va. Code ANN. § 20-91 VA. Code ANN. § 20-97

 

X

 

1 year28

 

6 months

Washington

WAsH. ReV. Code § 26.09.030

X

 

X15

 

X

None

West Virginia

W. VA. Code § 48-5-103 W. VA. Code § 48-5-105

W. VA. Code § 48-5-201 thru

§ 48-5-209

W. VA. Code § 48-6-201

 

X

X

1 year

X

1 year

Wisconsin

Wis. stAt. § 767.301 Wis. stAt. § 767.315

X

 

X29

12 months

X

6 months

Wyoming

Wyo. stAt. ANN. § 20-2-104

thru § 20-2-107

 

X

X

 

X

60 days


Source: http://www.americanbar.org/content/dam/aba/publications/family_law_quarterly/vol46/4win13_chart4_divorce.authcheckdam.pdf



About us

601 waiver Lawyer Moses Apsan

Consultations

Use our automated
Click-to-call to contact
Apsan Law Offices, LLC. or
call directly at
1-888-460-4600

601 Waiver Lawyer

nj immigration lawyers

Schedule Consultation 601 waiver

601 News

601 WAIVER LAWYERS

Happy Clients
Preview
601A waiver success story
Um caso bem sucedido de um perdon I-601A - Advogado de Imigração Dr. Moisés Apsan -
Moises Apsan-éxito con dispensa I-601 I-601A Waiver Approved
dispensa 601A, I-601A, I-601, Moises Apsan, Moses Apsan
I-601A waivers/ Programa de dispensa provisória I-601A
Outro cliente satisfeito _Another Happy I-601A client
Happy client returning from the interview at the U.S. Consulate - I- 601A waiver
Happy client returning from an immigration interview at the U.S. consulate in Brazil
Another happy client returning from abroad after approval of an I-601A waiver
Very happy 601A client
Same Sex Fiancee Visa
Deportation Reopened and gets Green Card
601A Waiver Approved
601 Waiver with a Twist