Vistos E-1 comerciantes do tratado e Vistos E-2 investidores do tratado
Search articles:

Vistos E-1 comerciantes do tratado e Vistos E-2 investidores do tratado

Vistos E-1  e Vistos E-2

Treaty Trader and Treaty investor

Para obter uma lista de países que participam no Tratado

Os comerciantes do tratado são Vistos E-1, investidores do tratado são Vistos E-2.

Estes dois não-imigrante vistos estão mais próximos de um Green Card. Ao contrário da maioria dos outros não-imigrante visto, os comerciantes e os investidores do tratado não têm que ter uma residência permanente no exterior. Não há também nenhum limite na duração de sua estada desde que mantenham seu status. O Consulado Americano concede geralmente estes vistos por períodos múltiplos de cinco anos. Adicionalmente, o emprego por membros da família não é visto como violação do status.

Este visto parece ideal, entretanto, o problema é que somente os nacionais dos países que têm um "tratado de comércio e navegação" que fornecem entrada para não-imigrantes entre os E.U.A. e o país estrangeiro são qualificados.

A "Tratado de Comércio " está disponível aos indivíduos das nações que assinaram um tratado de comércio com os Estados Unidos. O Visto de Tratado de Comércio está disponível por um número ilimitado de anos e permite que o esposo e dependentes menores do recebedor vivam e atendam à escola nos Estados Unidos. Enquanto muitas grandes corporacoes envolvidas em importação/exportação utilizam a categoria, está sendo usada mais freqüentemente pelas companhias pequenas ou de até medio tamanho que procuram uma presença permanente de negócios nos Estados Unidos.

Assim como o E-1, o E-2 "Tratado de Investidor " permite que um indivíduo estrangeiro ou corporação, invistam ativamente em um negócio nos E.U.A. e permanecam nos E.U.A. enquanto estiverem operando e administrando o negócio. Assim como o E-1, não tem nenhum limite no número dos anos e não requer uma residência estrangeira não-abandonável. O visto do investidor do tratado não é limitado a nenhum tipo particular de negócio e pode incluir restaurantes, fábricas, e ocasionalmente qualquer outro tipo de atividade permitida por Lei.

Detalhes sobre o visto

Requisitos: Membro de Acordos Comerciais

  • O candidato deve ser um cidadão de um país do acordo.
  • A empresa comercial para a qual o candidato está vindo aos EUA, deve ter a nacionalidade do país do acordo.
  • O comércio internacional deve ser "substancial" no tocante ao tamanho e volume contínuo de negócios. 
  • O comércio deve ser principalmente entre os EUA e o país do acordo, o que significa que mais de 50 por cento do comércio internacional envolvido deve ser entre os EUA e o país de nacionalidade do candidato. 
  • Comércio significa a troca internacional de bens, serviços, e tecnologia. O direito de propriedade dos itens devem passar de uma parte para outra. 
  • O candidato deve ser empregado num cargo de supervisão ou executivo, ou possuir conhecimentos altamente especializados, essenciais para a operação eficiente da empresa. Trabalhadores comuns ou sem especialização não se qualificam.


Requisitos: Membro de Acordos de Investimento

  • O investidor, tanto a pessoa real ou a pessoa da corporação, deve ser um cidadão de um país do acordo.
  • O investimento deve ser substancial. Isto deve ser suficiente para assegurar o sucesso operacional da empresa. A porcentagem de investimento para uma empresa comercial de baixo custo deve ser mais alta do que a porcentagem de investimento de uma empresa de alto custo.
  • O investimento não pode ser muito baixo. Deve gerar uma renda mais significante do que somente um meio de subsistência para o investidor e sua família, ou deve ter um impacto econômico relevante nos Estados Unidos. 
  • O investidor deve ter controle dos fundos, e o investimento deve estar em risco no sentido comercial. Financiamentos segurados com bens do investimento da empresa não são permitidos. 
  • O investidor deve vir aos Estados Unidos para desenvolver e dirigir a empresa. Se o candidato não é o principal investidor, ele ou ela deve ser empregado num cargo de supervisão, executivo, ou de conhecimentos altamente especializados. Trabalhadores comuns ou não especializados não qualificam.


Processo de Aplicação

Um requerente de um Visto de Acordo Comercial (E-1) ou Investidor (E-2) primeiramente deve estabelecer que a empresa comercial ou empresa de investimentos atende os requisitos legais.

Uma solicitação de visto E consiste de um formulário de visto (OF-156) com uma foto, e o recibo de pagamento da taxa de processamento de visto pelo investidor ou empregado, o passaporte, ou a fotocópia de todas as páginas do passaporte do requerente, o formulário OF-156E, "Nonimmigrant Treaty Trader/Investor Application" (Aplicação de Visto Não Imigrante de Acordo Comercial/Investidor), e todos os documentos requisitados da empresa.


Informação Adicional

Membros da família: esposo (a) e filhos solteiros menores de 21 anos de idade, independente da nacionalidade, pode receber vistos derivativos E para acompanhar o requerente principal. Os dependentes não têm autorização para trabalhar nos EUA.


Tempo de Permanencia

Portadores de vistos E podem residir nos Estados Unidos desde que mantenham seus status com a empresa.

Notas Especiais


Se o estrangeiro está nos Estados Unidos, o I-129 é usado para solicitar uma mudança de status, extensão de estadia, ou mudança de emprego. Esta classificação não requer uma petição para emprego se o estrangeiro está fora dos EUA. Se fora dos EUA, o estrangeiro solicita um visto E-1 em seu nome, diretamente num consulado dos EUA no exterior.


Vantagens

Propriedade
O visto de membro de acordo comercial especificamente permite (requer) que o comerciante seja proprietário do negócio nos Estados Unidos. Esta propriedade pode ser individual, sócio majortário, ou acionista majoritário da corporação. Diferente dos demais países, os Estados Unidos não requer que um cidadão americano ou residente tenha algum interesse no investimento.

Duração
Uma vez obtido, o status de visto E pode ser mantido indefinidamente durante a continuação da atividade comercial qualificada. Extensões podem ser concedidas pelo Serviço de Imigração e Naturalização ou o Departamento de Estado.

Trabalhar nos EUA

O visto E-1 permite que o comerciante principal esteja ativamente empregado no investimento da empresa. Ele pode ser pago com salário e/ou retirada de dividendos, ou receber benefícios similares aos dos trabalhadores dos EUA.
Os regulamentos não concedem especificamente aos esposos (as) e filhos dos Comerciantes do Acordo permissão para trabalhar.

Inclui Esposo (a) e Filhos

Comerciantes qualificados têm o direito de solicitar status E-1 para seus cônjuges e filhos. Cônjuges podem manter este status indefinidamente, considerando que o comerciante principal continua se qualificando e que o casamento continua válido. Filhos dependentes podem manter seus status E-1 até que eles atinjam 21 anos de idade.

Inclui Empregados Chaves

Naquelas empresas com um número suficiente de empregados americanos, vistos E-1 adicionais podem estar disponíveis para empregados chaves da área gerencial, que são determinados pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos, por serem necessários para a operação do negócio nos Estados Unidos.

O número de vistos E-1 para "empregados chaves" a serem concedidos, depende do tamanho e complexidade do negócio nos Estados Unidos.

Os dependentes do empregado chave E-1 se qualificam para o status derivativo, como no caso do comerciante primário E-1. Esses dependentes podem permanecer nos Estados Unidos com status E-1, desde que o empregado chave E-1 permaneça empregado na empresa que solicitou o visto.

Dependentes Podem Frequentar Escolas ou Universidades
O comerciante do acordo, empregados chaves e seus dependentes podem frequentar escola ou universidade até o seu aniversário de 21 anos de idade, sem obter vistos adicionais, desde que eles continuem se qualificando sob os critérios do E-1. (Muitas universidades permitirão a frequência, mas os estudantes E-1 serão considerados não residentes para a finalidade de pagamento de taxas de ensino).

Propriedade de imóveis
Portadores de visto E-1 estão livres para comprar casas ou outros bens imobiliários enquanto nos Estados Unidos. Quando terminar o status E-1, os comerciantes não precisam liquidar esses valores. Entretanto, a perda do status pode afetar a capacidade de entrar e permanecer fisicamente dentro dos EUA



About us

601 waiver Lawyer Moses Apsan

Consultations

Use our automated
Click-to-call to contact
Apsan Law Offices, LLC. or
call directly at
1-888-460-4600

601 Waiver Lawyer

nj immigration lawyers

Schedule Consultation 601 waiver

601 News

601 WAIVER LAWYERS

Happy Clients
Preview
601A waiver success story
Um caso bem sucedido de um perdon I-601A - Advogado de Imigração Dr. Moisés Apsan -
Moises Apsan-éxito con dispensa I-601 I-601A Waiver Approved
dispensa 601A, I-601A, I-601, Moises Apsan, Moses Apsan
I-601A waivers/ Programa de dispensa provisória I-601A
Outro cliente satisfeito _Another Happy I-601A client
Happy client returning from the interview at the U.S. Consulate - I- 601A waiver
Happy client returning from an immigration interview at the U.S. consulate in Brazil
Another happy client returning from abroad after approval of an I-601A waiver
Very happy 601A client
Same Sex Fiancee Visa
Deportation Reopened and gets Green Card
601A Waiver Approved
601 Waiver with a Twist